Bruno Pesca

IMG_4253

Muitos conhecem Bruno Pesca como integrante dos programas A vida que eu queria, do Canal Off, e Não Conta Lá em Casa, do Multishow. Antes de mostrar o mundo com um olhar diferente, Bruno, que é formado em Economia, estudou no Colégio Cruzeiro – Centro de 1985 a 1993.

Em 2014, voltou à escola com uma proposta especial: custear a educação de uma criança carente. A ação inspiradora surgiu da conclusão de que era preciso incentivar a participação da sociedade civil na melhoria das condições do país, o que, para ele, deve começar no investimento em educação.

“Não esperava, até dois anos atrás, voltar aqui, mas passei, há mais ou menos um ano e meio, por período de reflexão da minha vida profissional e cívica e voltei à minha origem no Colégio. Tinha uma ideia de um projeto social, de patrocinar crianças de áreas vulneráveis, violentas e com IDH baixo para que elas tivessem o mesmo ponto de partida na vida que eu tive. E as minhas ideias, minha visão de mundo, inevitavelmente passam pelo que eu aprendi no Colégio”, contou Bruno.

A iniciativa, que teve início com apenas uma criança da Maré, deu certo e já está crescendo. Em 2017, o irmão do primeiro “apadrinhado” também irá estudar no Colégio Cruzeiro e Bruno tem planos de dar oportunidade semelhante a mais crianças de perfil social semelhante.

“A desigualdade só deve ser combatida no ponto de partida. O filho do banqueiro e o do faxineiro têm que ter o mesmo ponto de partida. A partir daí, cada um planta o que quiser e vai colher o que plantar”, afirmou.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s